Posição no Mapa Estratégico

  • Agregar valor ao agronegócio
  • Integrar assistência técnica e extensão rural
  • Promover o desenvolvimento sustentável e Valorização dos ativos

Objetivos do Projeto

Criar uma rede multi-institucional na região do Brasil Central para estimular um ambiente de transferência de conhecimento, tecnologia, negócios e inovação, otimizando os serviços e atendimentos de assistência online, que promova a participação da iniciativa privada e o empreendedorismo, contribuindo para o aumento da produção e renda, a melhoria da qualidade de vida dos produtores atendidos e o desenvolvimento rural sustentável.

  • Potencializar junto aos pequenos e médios produtores e cooperativas da região do BrC as cadeias produtivas para atuação da ATER
  • Estabelecer um modelo de gestão e operação integrado de ATER para a região do BrC que inclua a pesquisa e o setor privado.
  • Promover a harmonização de metodologias das entidades públicas de ATER do BrC, principalmente no que se refere às capacitações e atendimentos em cadeias produtivas prioritárias.
  • Oferecer suporte e conteúdo sobre gestão de propriedades, licenças ambientais, boas práticas agropecuárias e empreendedorismo.

Justificativa

De acordo com a FAO, em 2050 a população mundial chegará a 10 milhões, para atender este contingente de pessoas, a produção global terá que aumentar 70%, para dar este salto de produtividade é necessário usar a conectividade no campo como ferramenta.

O agronegócio na região do Brasil Central representa 09% do PIB nacional, sendo os principais produtos o milho, carne, farelo de soja, soja e celulose.

O Censo Agropecuário 2017 apontou que, no BrC, 117 mil propriedades recebem orientação técnica e 605 mil não recebem. A maior parte dessa orientação é própria ou do próprio produtor com 46%, do governo são 36%, cooperativas com 12% e empresas integradoras com 5%.

 A análise dos questionários aplicados nos entes consorciados BrC em out/2018 apontou que os órgãos de ATER nas UFs atendem em média 45 mil famílias. Adicionalmente o diagnóstico demonstrou:  

  • Atividades desempenhadas são diversificadas e não são padronizadas
  • Carecem de mecanismo e ferramentas integradas para atendimento da demanda e monitoramento dos resultados e impactos
  • Necessidade de criação de ambiente de negócios favorável ao fomento de startups e inovação

Diante disso, o sistema de ATER necessita superar paradigmas relacionados com a prestação de serviços e seus atores, inadequados à realidade econômica, social e tecnológica, discutindo os principais desafios e apresentando propostas estratégicas visando a sua melhoria para abastecimento interno e exportação.

Benefícios

  • Incentivo ao desenvolvimento da ATER de forma integrada na região do BrC
  • Aumento da quantidade de produtores rurais beneficiados pela assistência técnica
  • Estímulo ao desenvolvimento rural e da atividade agropecuária
  • Promoção de solução tecnológica de prestação de serviços de ATER
  • Otimização de recursos públicos destinados às atividades rotineiras de assistência técnica
  • Estímulo de ambiente catalisador e mais integrado para atender os desafios do setor
  • Abordagem por meio de cadeias produtivas como instrumento para lidar com as disparidades existentes
  • Disseminação de boas práticas agropecuárias
  • Aumento da competitividade e produtividade
  • Promoção da sustentabilidade econômica, social e ambiental
  • Oportunidades de aumento de renda, inclusão e qualidade de vida
  • Estímulo à capacitação dos produtores rurais

Principais Produtos

RESULTADO 1 – Plataforma de ATER e ATeG implantada no BrC

Produto 1.1:  Diagnóstico de demandas das Unidades da Federação e do BrC para realização de ATER Integrada (1 pesquisa por UF, 1 diagnóstico para o Brc)

Produto 1.2: Desenho de estrutura organizacional e modelo de gestão para execução de ATER Integrada

Produto 1.3: Implantação do sistema de ATER Integrada

Produto 1.4: Modelo de sustentabilidade BrC criado para atuação na área de assistência técnica remota

RESULTADO 2 – Capacitação em assistência técnica remota a ser prestada pelo Consórcio para as UFs realizada

Produto 2.1: Treinamento em metodologia de prestação de assistência técnica remota

Produto 2.2: Implementação do plano de intervenção para melhoria da assistência técnica

Produto 2.3: Aperfeiçoamento dos instrumentos de gestão da rede multi-institucional de ATER do BrC

Stakeholders e Parceiros

Ente ou Instituição Relação
UFs Apoio no planejamento e acompanhamento do projeto.
Anater, Senar, Embrapa e Sebrae Elaboração de conteúdo para a plataforma
Emater das UFs Público alvo do projeto
Extensionistas Recebem treinamento do uso da plataforma e replicação aos extensionistas para prestação de serviços de ATER aos produtores
Produtores Beneficiários dos serviços de ATER

Prazo do Projeto

Abril de 2022