Consórcio Brasil Central cria força tarefa para compra compartilhada de medicamentos e insumos

Consórcio Brasil Central cria força tarefa para compra compartilhada de medicamentos e insumos

O presidente do Consórcio Brasil Central – BrC, governador de Mato Grosso Mauro Mendes adotou uma série de medidas para dar apoio às Unidades da Federação consorciadas no combate à epidemia do novo coronavírus. O objetivo é promover ações que ajudem nas decisões dos Estados e do Distrito Federal. A primeira delas foi a criação de uma força-tarefa. Uma equipe foi criada com o intuito de ajudar nos processos de compras de medicamentos e insumos necessários às ações emergenciais pelos consorciados.

O BrC listou alguns medicamentos e produtos considerados essenciais aos integrantes do Consórcio como, por exemplo: álcool etílico 70%, água destilada para injeção, amoxicilina, bicarbonato de sódio, cloroquina, dipirona, paracetamol, luvas, lenços, máscaras, entre outros. A compra será no formato compartilhada emergencial e deve ser concluída nos próximos dias, a partir das demandas apresentadas por cada Unidade da Federação e levando em conta os menores preços ofertados por diversos fornecedores.

Outra ação do Consórcio Brasil Central foi o encaminhamento às Secretarias de Estado de Saúde propostas de 3 empresas para fornecimento de kits rápidos, importados da Coréia do Sul e China.

O Consórcio também está oferecendo as Unidades da Federação proposta para aluguel de leitos móveis por um período de 03 meses com 03 opções que podem ser alteradas conforme as necessidades e particularidades de cada Município ou Estado, compreendendo a instalação de 50, 100 e 150 leitos móveis.

Pedido à China

Outra medida adotada por Mauro Mendes, como presidente do BrC, foi o envio de um ofício à Embaixada da China solicitando apoio na busca e aquisição de equipamentos hospitalares. Tendo em vista, que o país enfrentou e combateu a pandemia. Mauro Mendes destacou a necessidade de equipamentos de EPI hospitalares – luvas, máscaras, toucas, avental além de ventiladores mecânicos para UTI dentre outros suprimentos hospitalares e medicamentos.

#Todoscontraacovid19

O secretário executivo do BrC, Jader Afonso, encaminhou ofício aos membros da Câmara Técnica de Saúde, com o objetivo de oferecer soluções no combate a doença. Empresas como AIMART, IBM, Quanam e Credilink desenvolveram juntas uma plataforma, o #todoscontraacovid19 que utiliza várias fontes de informação que detectem as pessoas que mais provavelmente estiveram expostas e contraíram a doença.

As empresas oferecem: empréstimos de 5 licenças de software IBM i2 EIA (Enterprise Insight Analysis), fornecimento em condições especiais do Serviço Q-Credi, doação de um Modelo – Base de Análise e identificação de vectores prováveis de contágio e prestação em condições especiais de serviços profissionais para implantação e sustentação do modelo anterior e das previsíveis atualizações funcionais e de integração de novas fontes de informação.