Consórcio Brasil Central realiza 21º Fórum de Governadores, em São Luís, no Maranhão

Consórcio Brasil Central realiza 21º Fórum de Governadores, em São Luís, no Maranhão

Os governadores das unidades da federação que integram o Consórcio de Interesse Regional para Desenvolvimento do Brasil Central, o BrC, se reúnem entre os dias 28 e 29 de novembro, em São Luís, no Maranhão, até o 21º do Brasil Central.

O encontro começa na quinta-feira (28) com uma reunião do Conselho de Administração, integrada por secretários de estados da Fazenda e do Planejamento. Os principais projetos que serão deliberados pelos Governadores na sexta-feira (29).

Reunidos em assembléia, os governadores de unidades federativas tratam da pauta de assuntos internos e na sequência abrem o Fórum, onde são tomadas decisões estratégicas.

Para a pauta do Fórum estão incluídos projetos como Compras Compartilhadas  de Medicamentos, Mercado Comum, Concurso de Projetos, Turismo Integrado, BrC Saúde, Brc Global e Prêmio de Jornalismo do BrC.

Parceria com o BRB

Além disso, o BrC assinará um acordo de cooperação com o Banco de Brasília (BRB) para a região do Brasil Central com uma linha de financiamento no valor de R$ 500 milhões. Em setembro, o secretário executivo do Brasil Central, Jader Afonso assinou junto ao presidente do BRB, Paulo Henrique Costa, um protocolo de intenções para a liberação da linha de crédito, direcionados para investimentos nas áreas do agronegócio e indústria das Unidades da Federação consorciadas.

Potencial

Juntas as Unidades reunidas no BrC, concentram população de 26,2 milhões de habitantes e ocupam 28,8% do território nacional. No Congresso Nacional conta com uma bancada de 21 senadores e 75 deputados federais. No âmbito das áreas de atuação existem 6 projetos em franco desenvolvimento e que serão entregues ainda este ano.

O Consórcio Brasil Central (BrC) é uma Associação Pública de natureza autárquica formado pelo Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Rondônia e Maranhão. Foi o primeiro a ser formado no Brasil em 2015.

A utilização de ações indica para compartilhar soluções e desenvolver ações em conjunto, custos de solução de problemas e aumento da oferta regional. Atualmente, 7 projetos estão em desenvolvimento: compras compartilhadas de medicamentos, turismo integrado, logística / infraestrutura, mercado comum, fomento ao desenvolvimento rural e agronegócio, diversificação da pauta exportadora, aliança municipal pela promoção.