Governadores do Brasil Central se reúnem em Porto Velho-RO nos dias 5 e 6 de outubro

Governadores do Brasil Central se reúnem em Porto Velho-RO nos dias 5 e 6 de outubro

Será realizada em Porto Velho, capital de Rondônia, nos dias 5 e 6 de outubro, a 5ª reunião do Fórum de Governadores do Brasil Central. Entre as pautas a serem debatidas pelos 7 governadores estão as alternativas para a captação de recursos, o comércio exterior, e a infraestrutura e logística.

O bloco formado pelo Distrito Federal e os estados de Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Tocantins busca a defesa dos interesses comuns dos entes consorciados e configura iniciativa vitoriosa que se mostra cada vez mais relevante no cenário politico-administrativo nacional e estabelecer uma nova forma de relacionamento com o governo federal, além de promover o desenvolvimento regional, o Consórcio de Governadores Interestadual do Brasil Central tem no fórum de governadores a instância deliberativa.

A reunião de Porto Velho servirá para que estados do bloco ampliem a busca por solução das demandas na trilha de outras conquistas obtidas, como a transferência de tecnologia para melhoria na previdência privada cedida pelo governo de Goiás.

As experiências exitosas de outros consórcios espalhados pelo mundo serão apresentadas, na sexta-feira (06), por Edgardo Mosqueira, especialista em Gestão Pública e Francisco Caldas, especialista em Modernização do Estado. No mesmo dia, as formas de captação de recursos, tema relevante no contexto nacional, em que a União e entes federados são afetados pela crise financeira, farão parte da explanação do embaixador do Reino Unido, Vijay Rangarajan. Ainda na sexta-feira serão tratados temas como a infraestrutura e logística, que serão apresentados em dois momentos. Num, com ênfase nas hidrovias e no outro com foco no desenvolvimento regional. A etapa das apresentações encerra com a agenda legislativa, que trata das leis que tramitam no Congresso Nacional e que são de interesse os estados. Os palestrantes serão o senador Acir Marcos Gurgacz e o deputado federal Lúcio Antônio Mosquini.