Paco Britto concede entrevista a Agência de Notícias Italiana Dire e destaca as potencialidades do território

Paco Britto concede entrevista a Agência de Notícias Italiana Dire e destaca as potencialidades do território
consorcio_brasil_central_brc

O vice-governador do Distrito Federal (DF e secretário-executivo do Consórcio Brasil Central (BrC), Paco Britto concedeu entrevista a agência Italiana de notícias DIRE sobre a atuação da Autarquia em meio ao pior momento da pandemia da Covid-19 no Brasil e as perspectivas para 2021.

Paco esclareceu que o objetivo do Consórcio é promover o desenvolvimento econômico e social das unidades da federação que o compõem: Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Tocantins.

Segundo Paco, a região Centro-Oeste tem grande potencial de atração e competitividade e o Consórcio pode oferecer muito mais agilidade nas negociações com o setor privado.

“O Consórcio é formado por 6 estados e o Distrito Federal, com isso tem mais agilidade nas compras e no desenvolvimento do Centro-Oeste. Nós temos várias linhas de crédito que podem ser discutidas, várias oportunidades e agilidades no trâmite através do Consórcio, como aquisições de bens de consumo e de programas. Nós podemos ajudar e os empresários nos ajudam no desenvolvimento desses estados”.

No início do ano, o projeto Compra Compartilhada de Medicamentos alcançou destaque pela sua capacidade de oferecer medicamentos de alto custo com economia média de 30%, equipamentos de EPI e outros itens no combate e prevenção à Covid-19.

O secretário-executivo do BrC chama atenção ainda para a grande representatividade que a região tem no Congresso Nacional com 21 Senadores e 75 Deputados Federais e a parceria com o BRB Banco de Brasília, que liberou na última semana uma linha de crédito de R$ 1 bilhão, divididos em cinco áreas: BRB Desenvolvimento, BRB Investimento, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Plano Empresário e Agronegócio.

“Nós temos um banco que atua nesse consórcio que é o BRB, que será o banco de fomento dessas 7 Unidades da Federação, deixando de ser somente um banco regional de Brasília para atender toda a região. Temos uma bancada forte no Congresso, unida e coesa que quer o desenvolvimento dos seus Estados”.

O Projeto que cria a Frente Parlamentar em apoio ao Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central foi apresentado pela senadora Soraya Thronicke (PSL/MS) e já foi aprovado pelo plenário da casa, devendo ser instalada ainda este mês. O colegiado vai trabalhar em ações integradas nas áreas de logística, infraestrutura, social e de negócios.

Acompanhe a entrevista: https://www.dire.it/08-03-2021/610061-paco-britto-we-can-help-and-entrepreneurs-help-us-in-the-development-of-these-states/