Planos de ações para exportações de produtos fabricados no Brasil Central serão produzidos em oficinas abertas a empresários e instituições voltadas ao comércio exterior

Planos de ações para exportações de produtos fabricados no Brasil Central serão produzidos em oficinas abertas a empresários e instituições voltadas ao comércio exterior

As inscrições estão abertas até 30 de abril. A ação visa oferecer subsídios para que ações do governo federal sejam mais eficazes nas soluções de problemas de empresas que querem exportar

Identificar os principais fatores que atrapalham as exportações e definir um plano com as principais ações  para solucionar problemas de acesso ao mercado internacional são fatores fundamentais para uma boa estratégia de exportação. Por isso, esses serão um dos principais temas abordados nas Oficinas Brasil Central Exportações. Empresas exportadoras da região, composta pelos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Rondônia, Tocantins, Maranhão e o Distrito Federal, assim como órgãos e entidades ligados ao comércio exterior podem participar do evento. A iniciativa faz parte do projeto Estratégia Unificada de Exportações e será realiza em dois períodos, de 8 a 10 e de 15 a 17 de maio, em Brasília. O período de inscrições vai até 30 de abril.


O evento é uma maratona de reuniões para o debater formas de fortalecer as exportações dos produtos pescados, farmacêuticos, embutidos de carne, obras de couro, madeira trabalhada e madeira bruta, serrada ou compensada. Apesar das unidades federativas do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central terem sido responsáveis por 14,5% das exportações brasileiras e por 31,4% do superávit comercial entre 2016 e 2017, o objetivo do projeto é aumentar os resultados da balança comercial e contribuir para o esforço de diversificação da pauta exportadora das unidades federativas que compõe o Consórcio. Para isso, o bloco pretende fazer o acompanhamento das negociações do Governo Federal para defender os interesses do grupo e oferecer ferramentas que possam direcionar instrumentos de governo e de apoiadores para ações efetivas de resoluções de problemas concretos das empresas e aproveitamento de oportunidades do mercado externo.

Cada produto será trabalhado em um dia diferente (confira a tabela ao lado). Todas as oficinas serão realizadas das 9h às 17h e terão como pauta a discussão e identificação das principais barreiras internas e externas à exportação, definição de mercados prioritários específicos para cada produto e criação de plano com as principais ações a serem realizadas pelo projeto para solucionar problemas e acessar os mercados desejados.

Inscrições

Os interessados poderão se cadastrar por meio do site http://www.brasilcentral.gov.br/exportacoes/ até o dia 30 de abril. Não há custo para a participação do evento. Os gastos com passagem, hospedagem e almoço são de responsabilidade dos participantes.

Projeto

O Estratégia Unificada de Exportações tem dois eixos principais que é a Agenda Internacional e a formulação de ações para fortalecer as exportações de seis produtos não tradicionais da região que será realizado por meio das oficinas. Após a produção dos planos de ações, a câmara técnica do Consórcio Brasil Central montará uma estratégia de governança específica para o projeto, em que será definido equipe e elementos de monitoramento, mecanismos para acompanhar e fortalecer a representação externa do bloco dentre outros fatores.

A Agenda Internacional é um compilado de informações sobre os principais interesses do Consórcio em relação as negociações comerciais do governo federal com os países selecionados como prioritários, além da identificação de mercados, produtos e temas considerados importantes para o fortalecimento das exportações da região. Os objetivos dela são contribuir para o esforço de melhorar e garantir previsibilidade às condições de acesso a mercados, fortalecer o posicionamento brasileiro em apoio à redução das distorções do comércio internacional, principalmente em relação aos subsídios agrícolas, apoiar iniciativas em áreas temáticas e suavizar riscos protecionistas relacionados à aproximação entre agendas comercial e ambiental.

Informações

Oficinas BrC Exportações
Data: de 8 a 17 de maio
Horário: das 9h às 17h
Inscrições: www.brasilcentral.gov.br/exportacoes/