Turismo passa a integrar agenda prioritária do BrC

Turismo passa a integrar agenda prioritária do BrC

Consórcio irá reunir representantes da área de cada um dos estados para criar ações que destaquem potencialidades e conquistem mais turistas para a região

Não é novidade que o potencial turístico do Brasil Central é imenso. Mas são necessárias ações para transformar a região em rota do turismo nacional e internacional. Para retomar as iniciativas nesta área o Secretário-Executivo do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central, Jader Afonso, acompanhado do Diretor-Presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (FUNDTUR), Bruno Wendling receberam na tarde desta quarta-feira (17) a Secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça. “Estou cansada de ouvir a frase que o Brasil é cheio de potencial. Precisamos agir para fazer o turismo acontecer”, disse a secretária do DF.

Secretário-Executivo, acompanhado do Diretor-Presidente da FUNDTUR, apresenta proposta do BrC para a Secretária de Turismo do DF

O Secretário-Executivo afirmou que a primeira ação do Consórcio nesse sentido será a retomada das iniciativas da autarquia nesta área. “O presidente do BrC, governador Reinaldo Azambuja, disse que também precisamos colocar o turismo como prioridade do Consórcio. Por isso, vamos reativar a Câmara de Turismo para trabalhar objetivos integrados, a divulgação internacional e estruturar ideias novas”, afirmou.

Durante o ano de 2017, os Secretários de Turismo das 7 Unidades Federativas que integram o Consórcio se reuniram para estruturar ações e conseguiram consolidar as participações do BrC na Festuris e Adventure Sports Fair, duas importantes feiras nacionais de turismo. O BrC é formado pelo Distrito Federal e pelos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, Rondônia e Maranhão.

O diretor-presidente da FUNDTUR, Bruno Wendling acredita que com a reativação da Câmara de Turismo o Consórcio tem muito a oferecer para os Estados.  “A formação da Câmara foi uma conquista do primeiro ciclo do Consórcio. Os governadores entenderam que investir no turismo era uma das apostas que eles tinham que fazer”, relembrou. Para ele,  incluir o turismo em uma agenda prioritária do Consórcio é um grande avanço. Bruno acredita que a receita para desenvolver ações efetivas passa pela criação e posicionamento da marca do Brasil Central, criação de novos produtos turísticos e pelo replanejamento de atores e estratégias.

A Secretária de Turismo do DF se mostrou pronta para atuar em conjunto com o BrC e destaca que o turismo tem que ser visto como um negócio e que é necessário um plano de trabalho claro para que as Unidades Federativas tenham retorno efetivo com os projetos. “O produto (turístico) Brasil Central tem uma competitividade muito grande”, afirma.

O Secretário-Executivo pretende organizar uma reunião com os representantes das pastas de turismo dos membros do Consórcio no dia 8 de maio para apresentar e discutir a proposta da autarquia para a área. A ativação da Câmara e o início da estruturação das ações devem ocorrer após esta data.

Alianças em andamento 

Alguns membros do Consórcio já se articulam para conseguir impulsionar o turismo na região. Em 26 de março deste ano, o Distrito Federal e os estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Tocantins anunciaram acordo com a TAP Air Portugal para oferecer aos turistas que chegarem da Europa por Brasília a possibilidade de estender viagem a outros estados da região Centro-Oeste e ao Tocantins sem custo adicional na passagem. O acordo tem por objetivo estimular o turismo na região com promoções e ofertas exclusivas a passageiros em stopover.